Desenvolver empregos e qualificação local

Ilustração Desenvolver empregos e qualificação local

Criação de Empregos e Qualificação de Colaboradores

O Brasil atingiu 13 milhões de desempregados em março de 2017. Apesar deste enorme contingente de pessoas disponíveis no mercado, em busca de emprego, ele é o segundo colocado, entre 42 países onde há maior dificuldade de se encontrar profissionais qualificados. São 700 engenheiros/cientistas para cada milhão de habitantes. Segundo dados internacionais, o ideal era ter esse número triplicado.

A Siemens tem papel fundamental para a melhoria destes dados. A empresa oferece 6.000 empregos diretos (dados de 2015), com 264 mil empregos viabilizados por seus negócios mundiais. Mais do que oferecer posições, a Siemens tem como característica fundamental buscar sempre a renovação, a qualificação e a valorização de seus colaboradores. Ela influencia a educação para que estudantes entrem no mercado de trabalho cada vez mais qualificados, e investe para que, já dentro da empresa, eles se qualifiquem cada vez mais, ao longo de suas carreiras. Além disto, a Siemens tem o compromisso de formar cidadãos conscientes e responsáveis para com o próximo, na construção da confiança, respeito e colaboração.

A Siemens investe em entry programs, que vão desde estágios até programas de desenvolvimento de talentos. Aposta em uma gestão de conhecimento focada em competências do futuro já requeridas hoje. Para nós, o futuro é hoje.

A empresa é uma porta de entrada, no Brasil e em todo o mundo, para jovens dispostos a investir cada vez mais em inovação, uma vez que, por aqui, valorizamos especialistas em diferentes áreas de tecnologia e oferecemos inúmeros projetos capazes não apenas de manter, mas de ampliar o conhecimento de cada colaborador. Em 2015, a Siemens investiu R$ 22 milhões na qualificação de seus colaboradores.

|Desafios futuros e compromisso

O mercado de trabalho e a relação dos jovens com este mercado vêm mudando muito nos últimos anos. Hoje, um grande número de estudantes busca alternativas distintas para fazer parte do mercado, e não mais apenas a forma tradicional, atrelada a uma organização – daí o surgimento de tantas startups. A Siemens tem a missão de se manter próxima destes jovens, mostrando que tudo o que eles almejam e têm como propósito também pode ser factível dentro de uma empresa que aposta em talentos, inovação e qualificação. Trabalhamos para que as pessoas, tanto as que ainda estão no mercado quanto as que já são da nossa equipe de colaboradores, percebam que fazer parte de uma empresa como a Siemens, global e comprometida com inovação e qualificação, aumenta a capacidade e possibilidade delas de influenciar o coletivo, como profissionais e como cidadãos. Uma capacidade muito maior do que o que teriam individualmente.

Imagem Desafios futuros e compromisso

Fonte: Cálculo provido pela PricewaterhouseCoopers. Números providos pela Siemens sobre suas operações mundiais no Brasil. Todos os dados são referentes ao Brasil apenas no ano de 2015.

Treinamento de Clientes

Ilustração Treinamento de Clientes

Historicamente, o Brasil sempre teve sua economia fundada na produção e na exportação de commodities, área cuja demanda para qualificação profissional é menor que em outros setores, notadamente o industrial. O estágio de baixo desempenho econômico desse setor tem contribuído para aumentar o desemprego no segmento. No entanto, essa mão de obra não se mostra habilitada a suprir as carências do setor industrial, justamente pela baixa capacitação técnica.

Outro aspecto do panorama brasileiro atual diz respeito à dificuldade em despertar o interesse dos alunos para as disciplinas técnicas, seja pela qualidade deficitária da educação pública ou pela desconexão entre a educação básica e o dia a dia dos segmentos econômicos, especialmente o setor industrial.

Como forma de contribuir para a sociedade suprir essa carência, a Siemens mantém diversas iniciativas de capacitação para colaboradores, clientes, fornecedores e para a comunidade. Os treinamentos em tecnologia oferecidos pela Siemens permitem a atualização de profissionais já atuantes nas soluções mais recentes disponibilizadas pela indústria.

Apenas no ano de 2015, nossos programas permitiram a capacitação de 10 mil clientes, em iniciativas que variam do treinamento convencional a roadshows, com a disponibilização de técnicos habilitados para a multiplicação do conhecimento, além de equipamentos Siemens para a prática dos conceitos absorvidos.

Fonte: Siemens no Brasil. Dados referentes aos treinamentos realizados no Brasil em 2015.

|Desafios futuros e compromisso

Além de ser uma das empresas que mais investem no desenvolvimento tecnológico no Brasil, a Siemens é uma instituição permanentemente voltada para a inovação, o que significa que sempre estaremos em busca de profissionais que se motivem em desenvolver soluções inovadoras. Isso nos coloca diante de outro desafio: contribuir para formar profissionais em tecnologias que redefinem modelos econômicos. Atualmente, toda a cadeia de eletrificação está passando por grandes transformações, com a inclusão de conceitos como o da geração distribuída. Da mesma forma, o setor industrial vê-se às voltas com um novo momento de transição, pela chamada Indústria 4.0. Contribuir para o avanço da mão de obra em direção a essas novas tecnologias é um desafio e uma tarefa que a Siemens assume.

Parcerias com Academias

Ilustração Educação

Uma das grandes carências do Brasil em relação à tecnologia é a falta de mão de obra especializada. Somos o segundo país, numa lista de 42, onde há maior dificuldade de se encontrar profissionais qualificados no mercado. Há apenas cerca de 700 engenheiros/cientistas para cada milhão de habitantes – para suprir a demanda, seria necessário triplicar este número.

Para a Siemens, uma empresa provedora de tecnologia, é importante investir para que esta realidade mude. E é o que tem sido feito. A empresa está comprometida, por meio de programas como o Siemens Automation Cooperates with Education (SCE), a levar tecnologia de ponta e conhecimento às instituições de ensino profissionalizante, técnico e superior bem como centros de pesquisa e desenvolvimento, na área de automação industrial. O avanço da tecnologia hoje é constante, tornando-se vital conhecer, saber usar e trabalhar com ela de forma eficiente.

O programa SCE, já difundido em todo o mundo, está presente no Brasil desde 2010. Seu compromisso é o de promover a transferência de conhecimento tecnológico e possibilitar o uso do estado da arte em automação industrial por instituições de ensino em todo o País.
Através do programa SCE, a Siemens também desenvolve parcerias e patrocínios de eventos acadêmicos como a Olimpíada do Conhecimento do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e a WorldSkills International, maior competição de educação profissional do mundo.

Disponibilizamos informações atualizadas sobre o que há de mais avançado em tecnologia de automação industrial.

Os principais itens do portfólio Siemens fazem parte do programa SCE e possuem material didático de apoio sobre eles. Atualmente, cerca de 80% das instituições de ensino tecnológico do País contam com suporte educacional sobre as plataformas de software e hardware da Siemens, como o TIA Portal e a família de produtos SIMATIC.

Todo o conteúdo atende aos requisitos dos currículos de ensino tecnológico, os pacotes SCE são compostos pelos mesmos produtos usados nas indústrias e foram concebidos levando em conta as tendências de mercado e alinhados com a tecnologia mais atual. Disponibilizamos mais de 80 pacotes de treinamento com material didático, bibliotecas de projetos, web based training (WBT) e livros de apoio. Tudo para que o estudante possa chegar ao mercado de trabalho conhecendo bem todas as ferramentas que hoje são utilizadas nas indústrias, sem atraso tecnológico entre o mundo acadêmico e a prática.

|Desafios futuros e compromisso

O objetivo da Siemens com o programa SCE é o de continuar levando conhecimento para diferentes instituições de ensino nas áreas de automação e eletrificação. Mas o maior comprometimento da empresa, nos próximos anos, é o de investir no conteúdo sobre digitalização, com foco cada vez mais forte na Indústria 4.0. É importante que os alunos brasileiros, futuros especialistas, já conheçam sobre a indústria do amanhã e o que os espera no mundo profissional, e a Siemens tem um portfólio completo capaz de oferecer todo o know-how necessário para estes profissionais.

Fonte: Siemens no Brasil Dados referentes à contribuição da Siemens no Brasil até 2016.