Qualidade em diagnósticos e tratamentos, produtividade para empresas do setor

Acesso à saúde

Mais do que um novo nome, Siemens Healthineers representa o desejo da empresa de ajudar a remodelar o mercado de saúde. Desde que optou por transformar sua Divisão Healthcare em uma empresa independente, dentro do Grupo Siemens, a companhia tinha como principal objetivo superar de maneira mais efetiva as mudanças globais no mercado de saúde.

Entre elas, a expectativa de vida crescente da população, a pressão dos custos com saúde na administração pública, a nova configuração dos grupos empresariais, tendendo à formação de grandes conglomerados. Desenvolver equipamentos para diagnósticos com qualidade superior é algo que fazemos com dedicação há várias décadas.

Mas esta não é a única forma que a Siemens Healthineers utiliza para influenciar positivamente o segmento de saúde: inovação, para nós, também está em trabalhar de forma consultiva junto aos nossos clientes, com o objetivo de entender seu fluxo de trabalho e ajudar com soluções em toda sua cadeia de valor, inclusive em aspectos como logística e faturamento.

A Siemens Healthineers atua nos segmentos de imagem, diagnósticos laboratoriais, exames de beira de leito (Point Of Care), estrutura e TI, serviços e acessórios.

Indicadores GRI -G4: 2 • 4 • 8 • EC2 • EC7 • EC8 • EN27


Healthineers

As mudanças globais no segmento de saúde representam um desafio a todas as empresas e profissionais do setor que precisam dar respostas às tendências de consolidação, industrialização e gestão da saúde populacional.

Diante desse panorama e com o objetivo de atender de forma ainda mais ampla o segmento de saúde foi que a antiga Divisão Healthcare comunicou, em 2015, sua nova estratégia e anunciou globalmente, no ano passado, a nova marca: Siemens Healthineers.

Divisão Healthcare comunicou em 2015 sua nova estratégia e anunciou globalmente no ano passado a nova marca: Siemens Healthineerss

Superar os atuais desafios no mercado de saúde não é tarefa fácil e, por isso mesmo, a Siemens Healthineers assume um papel que vai além de fornecer soluções completas em diagnósticos: trabalhamos diariamente para criar novas oportunidades aos nossos clientes e desenvolver soluções que ofereçam excelência clínica, operacional e financeira. Na Siemens Healthineers, nosso foco é ser o parceiro estratégico de nossos clientes e, por isso, oferecemos amplos serviços de gerenciamento e consultoria, bem como serviços digitais em saúde e soluções para guiar a terapia e intervenção.

Um exemplo de parceria da Siemens Healthineers para o mercado de diagnóstico foi o projeto desenvolvido para o laboratório Richet Medicina & Diagnóstico, que escolheu a empresa como fornecedora das soluções para diagnóstico por imagem de sua primeira unidade que segue o conceito One Stop Shop, reunindo, em um mesmo local, serviços completos de análises clinicas e de diagnóstico por imagem, como MAGNETOM Aera e MAGNETOM Essenza (ressonância magnética), SOMATOM Perspective (tomografia computadorizada), Biograph mCT (PET -CT), Symbia S (medicina nuclear), e Multix Select DR (raios-X digital) e software de imagem (syngo.via). A solução de automação laboratorial Aptio, mais completa plataforma de automação de exames de análises clínicas, também fez parte do projeto.

Outros temas relevantes no segmento de saúde são as novas configurações das empresas que compõem esse mercado, com fusões, aquisições e redução de custos. Para garantir que essas novas demandas se consolidem de maneira segura e com menos riscos cada vez mais é necessária a adoção de soluções e ferramentas de Tecnologia da Informação (TI), adotando conceitos de computação em nuvem, mobilidade, internet das coisas e o chamado Big Data.

Dois bons exemplos são o LifeNet e o Teamplay, o primeiro trata-se de um portal web que permite aos clientes gerenciar e monitorar o desempenho e a manutenção de sua base instalada. Com apenas um clique, é possível abrir e acompanhar chamados, consultar atividades programadas, verificar treinamentos agendados e acessar contratos. O serviço também permite aos clientes maximizar a disponibilidade de seus equipamentos, evitando paradas não programadas e planejando melhor a sua utilização. Já o teamplay possibilita acompanhar vários fatores de produtividade, como total de pacientes atendidos por operador, tempo de uso da máquina (para evitar ociosidade), tempo de troca de pacientes, dose de radiação em que o paciente foi exposto etc., armazenando todas as informações na nuvem.

Outras duas soluções de gestão de saúde são o syngo® Lab Inventory Manager (sLIM) e o POC EcosystemTM. O primeiro utiliza tecnologia em nuvem e identificação via radiofrequência (RFID, do inglês Radio-Frequency IDentificationM) para gestão de inventário automatizado em laboratórios, evitando desperdícios e reduzindo estoques ao longo de todo o processo, sem comprometer a disponibilidade. Já o segundo possibilita gerenciar, por meio de uma única plataforma, todo o ambiente de testes Point of Care como equipamentos, operadores, resultados de pacientes, reagentes e controle de qualidade.

No Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo (SP), foi feita, pela primeira vez, uma ressecção de um tumor no fígado de maneira minimamente invasiva a partir de uma sala híbrida – sala cirúrgica equipada com instrumentos de imagem, como de ressonância magnética, angiografia e tomógrafo. Nessa cirurgia, a equipe contou com o suporte do sistema de imagens da Siemens Healthineers baseado em tecnologia robótica, chamado Artis Zeego. Esta solução traz uma série de vantagens para a ressecção robótica de tumores. Uma delas é o ganho de tempo, uma vez que as imagens são obtidas antes da operação e a outra é que estes tumores ficam muito visíveis nesse sistema, fazendo com que a extração seja precisa e menos invasiva, diminuindo consideravelmente o trauma do paciente.

Seguindo essa linha, a Siemens Healthineers também oferece aos seus clientes o teste Enhance Liver Fibrosis (ELF) que identifica por meio de coleta sanguínea o nível de comprometimento do fígado em casos de fibrose hepática. O diagnóstico pode ser complementado pela ultrassonografia, que, além de identificar alterações morfológicas, esteatose (gordura acumulada no fígado) ou possíveis lesões, conta com o recurso da elastografia, que determina o grau de comprometimento por meio da medição da elasticidade do tecido hepático de forma não invasiva, utilizando apenas pulsos de ultrassom. Até o surgimento dessas novas tecnologias, o exame padrão era a chamada análise histológica (biópsia), que tinha a necessidade de uma internação para a coleta dos tecidos do fígado, gerando custos, desconforto aos pacientes e até o risco de uma contaminação hospitalar. Hoje, com uma mera coleta sanguínea já é possível prevenir a evolução da doença.

Armando Lopes “As oportunidades oferecidas no segmento de saúde para o uso da tecnologia são inúmeras, começando pela prevenção e pela possibilidade de diagnósticos cada vez mais precoces. No Brasil, há ainda uma enorme pressão para redução de custos e otimização dos recursos. A Siemens Healthineers dispõe de tecnologia e inovações que possibilitam o maior acesso à saúde de qualidade ao mesmo tempo em que ajudam nossos clientes a otimizar e gerenciar melhor os seus recursos, refletindo positivamente em toda a cadeia de valor.”

Armando Lopes, Diretor da Siemens Healthineers

Richet Medicina & Diagnóstico escolheu a Siemens Healthineers como fornecedora das soluções para diagnóstico por imagem de sua primeira unidade que segue o conceito One Stop Shop

Indicadores GRI -G4: 2 • 4 • 8 • EC2 • EC7 • EC8 • EN27


Virtual Operations Center (VOC)

Virtual Operations Center (VOC) COLOCAR IMAGEM

A primeira sala de comando remoto para equipamentos de ressonância magnética completou um ano de funcionamento no Grupo Alliar Médicos à Frente, em São Paulo (SP). A solução permite realizar exames de alta qualidade em qualquer lugar do Brasil, já que possibilita contar com profissionais altamente especializados mesmo nas regiões mais distantes do País. Os equipamentos de ressonância magnética são conectados ao Virtual Operations Center (VOC) por meio de um kit de hardware e software, que conta com câmeras, interfaces de áudio para comunicação e sensores diversos. A partir da central, é possível fazer o setup dos equipamentos remotamente para a realização de exames, de acordo com as especificações do paciente, histórico clínico e solicitação médica, diminuindo assim o índice de reconvocação de pacientes e garantindo a padronização dos exames e qualidade de excelência.

GRI Indicators -G4: 2 • 4 • 8 • EC2 • EC7 • EC8 • EN27