SIEMENS

Conheça o Complexo Industrial de Jundiaí

Conheça o Complexo Industrial de Jundiaí

Saiba como funciona cada uma das fábricas e escolha aquela que mais interessar a sua visita.

Alta tensão
Capacitores de Alta Tensão
Automação de energia
Inversores de freqüência
Transformadores
Turbinas industriais

Alta tensão

A expansão da fábrica de Jundiaí possibilitou o aumento do número de colaboradores na área de alta-tensão da Siemens e prosseguir com a política de ampliação e fortalecimento do seu portfolio. Essa estratégia foi responsável no passado pelas aquisições da Lorenzetti, Trench e VA Tech, que possibilitaram uma significativa expansão da linha de produtos de alta tensão que oferece disjuntores, seccionadores, pára-raios e transformadores de medidas, de 72,5 kV a 800 kV.
A fábrica foi escolhida pela Siemens Alemanha como responsável pelo desenvolvimento do novo seccionador de 800kVm, com abertura semi-pantográfica horizontal, para o mercado mundial. Desde 2004, a unidade de alta-tensão viu a sua produção crescer 300%, chegando a uma capacidade fabril anual de 600 disjuntores e 1.800 seccionadores. A Siemens é líder do mercado de produtos de alta tensão que, com alto índice de nacionalização estão presentes em todos os segmentos, assegurando o suprimento confiável de energia elétrica para o consumidor final.

Capacitores de Alta Tensão

Em 2009, foi inaugurada no site de Jundiaí, a única fábrica de Capacitores de Alta Tensão da Siemens no mundo. Com 2500 m² de área, sua capacidade produtiva chega a 15 mil unidades/ ano. A fábrica marca a ampliação do portfolio da siemens no setor de Power Transmission Solutions.

Automação de energia

Para garantir a segurança e confiabilidade, a unidade de Automação de Energia oferece soluções para automação, controle e proteção de todas as fases do processo. A unidade oferece serviços de operação e manutenção, gerenciamento da energia e medição e consultoria, além de prestar serviço na planta do cliente. Em Jundiaí se encontra o maior grupo de engenharia especializado em automação de energia do Brasil. O que há de mais moderno em soluções para automação de energia, incluindo sistemas de proteção, controle e telecomunicações, nascem na planta da Siemens em Jundiaí.
No site está localizado um dos mais modernos campos de provas do Brasil com capacidade de teste de até 80 painéis de forma simultânea. A planta conta ainda com um laboratório de testes que permite agilizar os diagnósticos realizados pelo serviço de pós-vendas, assim como um show room para a demonstração de alguns produtos para os clientes que visitam a fábrica.

Inversores de freqüência

A família de inversores de freqüência de média tensão, a mais vendida do mundo, agora está sendo fabricada no Brasil. A fábrica produz o equipamento Robicon Perfect Harmony. A decisão de nacionalizar a produção é resultado da crescente demanda dos mercados latino-americano e brasileiro por equipamentos para modernização, ampliação e aumento de eficiência energética dos setores industriais. Desenvolvido para aplicações de alta responsabilidade, o equipamento é utilizado para o controle de velocidade de motores elétricos de média tensão, garantindo economia de energia e flexibilidade para os processos industriais. A instalação da nova unidade de produção está em sintonia com a estratégia global de investimentos da Siemens de ampliar a capacidade local de produção, o que fortalece a posição de liderança da empresa e reforça seu comprometimento e confiança no país.

Transformadores

A fábrica de transformadores da Siemens em Jundiaí passou por diversas ampliações desde a sua fundação. Em 2005, ao dobrar sua capacidade de produção, tornou-se a maior fábrica de transformadores da América Latina e uma das três maiores fábricas de transformadores da Siemens no mundo. Com a inauguração de uma nova fábrica de transformadores em Jundiaí em junho de 2009, a Siemens se habilita e atender à crescente demanda do mercado por transformadores de médio porte.
A capacitação técnica colocou a unidade em posição privilegiada para atender a demanda dos novos investimentos na infraestrutura de geração e transmissão de energia no Brasil e, principalmente, em outros países. Jundiaí agora responde por aproximadamente 25% da produção nacional de transformadores, e por quase metade das exportações brasileiras do produto, que podem ser encontrados em concessionárias de energia – Geração, Transmissão e Distribuição –, indústrias de todos os portes, plataformas offshore de petróleo e centenas de outras aplicações.

Turbinas industriais

A fábrica de turbinas industriais a vapor, de 10 MW até 100 MW, em Jundiaí, ratifica a posição da Siemens como líder de mercado no segmento, fornecendo as maiores turbinas já fabricadas no país para grandes projetos industriais. A unidade é uma das cinco fábricas de turbinas da Siemens no mundo e responde por 10% do volume mundial de vendas.
Toda a tecnologia de produção está baseada em engenharia e processos nacionalizados por meio de um extenso programa de treinamento dos colaboradores junto às fábricas da Europa. No Brasil foi desenvolvido um tipo específico de turbina para o mercado de co-geração industrial no segmento da biomassa, tendo em vista o grande potencial do mercado brasileiro de usinas de açúcar e álcool.